[ Aos Libertinos ]

fevereiro 02, 2019

Foto: Elena Chernenko aka Kassandra
Voluptuosos de todas as idades e de todos os sexos é a vós apenas que ofereço esta obra: nutri-vos de seus princípios, eles beneficiam vossas paixões, e essas paixões, com as quais os frios e insípidos moralistas vos assustam, são apenas os meios que a natureza emprega para que o homem alcance as intenções que ela tem sobre ele; atentai apenas a essas paixões deliciosas; seu órgão é o único que vos deve conduzir à felicidade.

Mulheres lúbricas, que a voluptuosa Saint-Ange seja vosso modelo; desprezai, a exemplo dela, tudo o que contraria as leis divinas do prazer que a acorrentaram durante toda a vida.

Donzelas cerceadas durante um tempo demasiado longo nos laços absurdos e perigosos de uma virtude fantástica e de uma religião repugnante, imitai a ardente Eugénia; destruí, pisai, com a mesma rapidez que ela, em todos os preceitos ridículos inculcados por pais imbecis.

E vós, amáveis debochados, vós que, desde a juventude, não tendes outros freios senão vossos desejos nem outras leis senão vossos caprichos, que o cínico Dolmancé vos sirva de exemplo; ide tão longe quanto ele se, como ele, quereis percorrer todos as estradas floridas que a lubricidade vos prepara; convencei-vos, imitando-o, de que só alargando a esfera de seus gostos e suas fantasias, e, apenas sacrificando tudo à volúpia é que o infeliz indivíduo conhecido como homem e lançado a contragosto nesse triste universo, pode conseguir entremear de rosas os espinhos da vida.


[Marquês de Sade], in “A Filosofia na Alcova”

Posts do género

7 Comentários

  1. Um texto fantástico...
    Beijinho querida e um excelente fim-de-semana!
    <3

    ResponderEliminar
  2. O Marquês de Sade, escreveu livros interessantes que a maioria desconhece.
    Beijinhos :) e as melhoras.

    ResponderEliminar
  3. O Marquês de Sade também era maroto :P

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Lindo post, meus parabéns. Eu assisti um filme que conta a história do Marquês de Sade, vale assistir se não assistiu, o nome do filme é Contos Proibidos de Marquês de Sade.

    Arthur Claro
    http://www.seminudez.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Abre as asas e voa!
    Poisa docemente em mim...

    ResponderEliminar
  6. Shiver, Arthur, AL, Sílvia, obrigada por terem vindo cá. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Deixa a Amor mais feliz e comenta. Vá lá!
Críticas construtivas são muito bem-vindas.

[ Lembre-se que todos os textos e poemas deste blog, são pura ficção.
Qualquer semelhança com a realidade, é pura coincidência. ]